O bar da balada, dos shows e da pista de dança.http://asteroid.art.br

Dosh (USA – Andrew Bird/Lateduster) | Double Tequila | Djs Residentes – 15/06/13


Share

O americano Dosh vem ao Asteroid mostrar porque é um artista muito requisitado na música internacional. Show imperdível.

+ discotecagem com os Djs residentes Talitha Andrade, Renan Moraes e Mario Bross
• Preço: R$15 ou consumação de R$35
• Aceitamos: Visa / Mastercard / Diners / Amex
• Com banheiro para cadeirante e amplo espaço externo para fumantes.
• Somente maiores de 18 anos

Double tequila entre 23h e 00h, cheguem cedo!

DOSH cresceu em Minneapolis, reduto da cultura influenciada por jazz, blues e folk. Em 1978, aos 6 anos, Martin Dosh estudava piano, e aos 12, aproveitava os bailes de colégio para utilizar suas pilhas de discos e fitas gravadas, “construindo” canções formadas por samplers de Run DMC, Prince, Devo, the Cars, New Order…
Na adolescência, Dosh já possuía um gosto musical considerável. Consequentemente, foi em busca de uma formação mais completa, mudando para Massachusettes para estudar jazz e bateria no Simon’s Rock (College of Bard). Aos 25, em busca de mais para a sua música, voltou para Minneapolis. Novamente, Dosh estava frequentando shows todas as noites e encontrando mais e mais pessoas na rica cena musical local – uma colisão de avant jazz, freewheeling rock e hip-hop progressivo.
Dedicou-se a inúmeras horas de gravações no porão, criando uma extensa “biblioteca sonora” de solos de bateria e teclado. Em seguida, tornou-se membro da tour do Andrew Broder’s Fog, e músico full-time no Lateduster, banda instrumental formada por Broder, Mark Erickson e Jeremy Ylvisaker.
Em 2003, a Anticon lançou o debut de Dosh, álbum homônimo, uma construção de loops de um piano Rhodes, batidas profundamente baseadas no groove, gravações ao vivo e performances espontâneas, utilizando parte de mais de 100 horas de fitas de sua biblioteca sonora.
Durante as apresentações, Dosh reveza-se entre o seu kit formado por bateria, seu piano Rhodes modificado, alguns instrumentos de percussão customizados e um simples pedal de loop – um exemplo concreto de one man band.
O terceiro álbum, “The Lost Take”, mostra uma musicalidade expandida e uma lista de convidados, incluindo Andrew Bird e membros do Tapes ‘N Tapes. Dosh passou a ser parte da banda de Andrew Bird, influenciando em suas composições, sendo um dos principais parceiros do álbum “Armchair Apocrypha”.
O último álbum de Dosh, “Tommy”, lançado em 2010, tem participação de Bird nos vocais de “Number 41” e “Nevermet”, e Mike Lewis em “Town Mouses”. Dosh gravou com Bonnie ‘Prince’ Billie, Fog, Jel, Odd Nosdam, Neotropic, Andrew Bird, Redstart, Vicious Vicious, Poor Line Condition, Lateduster, Why?, The Interferents, além de compartilhar o palco com nomes como Wilco, Damo Suzuki, Gary Wilson, My Morning Jacket, Devendra Banhart, Themselves, P.O.S., entre outros.

DISCOGRAFIA (/ANTICON.COM)
- Tommy (Anticon, 2010)
- Wolves and Wishes (Anticon, 2008)
- The Lost Take (Anticon, 2006)
- Pure Trash (Anticon, 2004)
- Dosh (Anticon, 2003)

Quem
Dosh (USA - Andrew Bird/Lateduster) | Double Tequila | Djs Residentes
Quando
Saturday, June 15, 2013
22:00 - 18+
Onde
R. Aparecida, 737 | Vila Santana
Sorocaba, SP, Brasil 18095-000

« Voltar para agenda

Leave a Reply

WordPress Themes
WordPress Themes