Escolha uma Página

Cinco músicas sobre o Muro de Berlim!

Há exatos 54 anos, iniciava-se a construção da barreira que mudou para sempre o mundo.

Por Renan Pereyra

13 de agosto de 1961. Há exatos 54 anos, soldados da Alemanha Oriental inciaram a construção do famoso Muro de Berlim. A derrota do país na Segunda Guerra Mundial resultou na divisão da Alemanha: Estados Unidos, França e Reino Unido ficaram com o lado ocidental. A União Soviética com o lado oriental. Com o aparecimento de dois Estados, a Alemanha se tornou o marco que dividiu dois blocos e sistema político-econômicos bem distintos (liderados pelos americanos de um lado, e pelos soviéticos de outro).

Muito além do campo geográfico, a divisão causou um profundo impacto em toda a cultura mundial, atingindo também com grande força o mundo das artes e da música. Em 9 de novembro de 1989, com a crise do socialismo no leste europeu, ocorre a queda do muro com a ajuda dos próprios alemães. Bem ou mal, o ato simbólico causou nova alforria política e marcou o fim da Guerra Fria, com a reintegração da Alemanha. Em alusão ao período, separamos abaixo algumas músicas que falam sobre o momento histórico. Confira!


 

Lou Reed – Berlin
Disco: Berlin
Lançamento: 1973

O terceiro disco solo de Lou Reed, o gênio por trás do The Velvet Underground, ganhou o título Berlin. O álbum abre com a faixa de mesmo nome e com a sugestiva frase: “In berlin, by the wall. You were five foot ten inches tall”. Apesar da referência nítida, o disco todo se trata de uma viagem pessoal que aborda os temas mais chapados e obscuros: solidão, suicídio, prostituição, drogas, depressão, violência e por aí vai.

Sex Pistols – Holidays In The Sun
Disco: Never Mind the Bollocks Here’s the Sex Pistols
Lançamento: 1977

Uma das minhas faixas preferidas dos Pistols, “Holidays In The Sun”, foi inspirada no Muro de Berlim e no que ele representava politicamente. Amada por uns e odiada por minoria, a banda sempre conseguia causar impacto e chamar a atenção das autoridades para os temas mais controversos. “Now I got a reason. Now I got reason to be waiting… The Berlin Wall”, esbraveja John Lydon no refrão.

David Bowie – Heroes
Disco: Heroes
Lançamento: 1977

Faixa clássica do mestre David Bowie, “Heroes” é outra importante música sobre a cidade de Berlim. Tema recorrente nas composições do Camaleão do Rock, o momento político inspirou três discos do cara (com colaboração de Brian Eno): Low, Heroes e Lodger. Mais tarde os lançamentos ganharam o apelido de “Trilogia de Berlim”. Bowie vivia em Berlim Ocidental neste período e parte da obra foi gravada lá. Ele chegou a afirmar que a canção era “sobre um casal que se encontrava debaixo de uma das torres do muro”.

Pink Floyd – A Great Day For Freedom
Disco: The Division Bell
Lançamento: 1994

Escrever qualquer coisa sobre o Muro de Berlim e não citar o Pink Floyd seria pura heresia. Mas pra sair do clichê, escolhi uma faixa de 1994, intitulada “A Great Day For Freedom”, do brilhante disco The Division Bell. A canção começa falando sobre a queda do muro e depois filosofa sobre os rumos que o mundo tomou posteriormente. “Agora fronteiras mudam como areias dos desertos. Enquanto nações lavam suas mãos ensanguentadas. De lealdade, de história, em tons de cinza”, diz um trecho. Em 1979 o Pink Floyd lançou o disco The Wall. Embora tivesse um conceito mais subjetivo, o álbum ficou bem associado à cidade cortada ao meio após um show marcante de Roger Waters por lá, em 1990.

Bloc Party – Kreuzberg
Disco: A Weekend In The City
Lançamento: 2007

Enquanto Berlim ainda era dividida, Kreuzberg era um antigo reduto de imigrantes, artistas e hippies. Atualmente é um bairro conhecido por ser descolado e abrigar uma efervescente cena artística/cultural da Alemanha. Conhecidos pelas letras envolventes, os Bloc Party falam sobre o Muro de Berlim e, mais especificamente, sobre a região na faixa homônima. Pela letra e pelo clipe, a canção parece explanar sobre separação, tema que tem bastante a ver com esse post, não? Abaixo a tradução da primeira estrofe.

Tem um muro que corre à minha frente
Como a cidade, jamais serei aproveitado
O que é esse amor? Por que nunca pude mantê-lo?
Isso acontece mesmo nos quartos dos estranhos?

Pin It on Pinterest