Escolha uma Página

Garimpo Nacional | Hierofante Púrpura, Poltergat, The Shorts, Brvnks e In Venus

Confira alguns lançamentos de destaque da música brasileira.

Por Renan Pereyra

Olá, amigos & amigas do Blog do Asteroid!

Começamos a tarde de quarta-feira por aqui com mais uma edição do Garimpo Nacional, seção que traz as novidades sobre artistas e bandas brasileiras. Confira abaixo 10 lançamentos que chamaram a nossa atenção nos últimos dias!

——————————————————————————————————————————————

HIEROFANTE PÚRPURA

hierofante-purpura-2

Não é de hoje que o Hierofante Púrpura é uma das bandas mais fodas do cenário independente nacional. Quem mora em Sorocaba-SP, cidade que a banda de Mogi das Cruzes-SP tem como sua segunda casa, sabe bem do que estou falando: shows eletrizantes, letras enigmáticas cantadas no bom e velho português, compassos não-convencionais, instrumental chapado e psicodélico. Essas são apenas algumas das características do grupo, que atualmente conta com Danilo Sevali (voz/teclas/guitarra barítono), Helena Duarte (baixo/voz), Gabriel Lima (guitarra lead/voz) e Rodrigo Silva (bateria). Em Disco Demência, novo registro da banda com cinco músicas, o quarteto ressurge ainda mais emblemático, com ótimas sacadas de gravação e arranjos que misturam as chapações setentistas com um feeling onírico e urbano. O disco traz referências da literatura e do cinema, tendo sido inspirado no Filme Demência (1986), de Carlos Reichenbach. O álbum conta com participações de Dinho Almeida, Paulo Barnabé, Victor V.B. e Jonas Morbach. Disco Demência marca 11 anos de estrada da Hierofante Púrpura e foi lançado pela Balaclava Records. Ouça abaixo!

Ps. A arte da capa, que também ilustra esse post, é de Renan Cruz.

POLTERGAT

poltergat

Punk-garage-rock-dos-bons, sem firulas. Impossível ouvir o novo disco da banda paulistana Poltergat e não sentir vontade de sair pelas ruas chapando e fazendo loucuras. Talvez eu diga isso influenciado por um rolê maluco que dei recentemente com o Gabriel Muchon, que é vocalista e guitarrista do grupo (o baixista Dudu Lourenço e o baterista Guilherme Migliavaca completam a gangue); mas o fato é que o som dos caras realmente surpreende por ir na contramão do atual hype tupiniquim. Provindos de um movimento que resgata a guitarra como atriz principal, os caras prometem se tornar uma das grandes referências nacionais do estilo – que na gringa tem representantes como Ty Segall, Dilly Dally, Metz, Fidlar ou The Wytches. Blanka, o registro recém lançado com 10 faixas, pode colocar até mesmo a alma mais deprimida pra dançar: guitarras rápidas e barulhentas, baixo e bateria em violenta sintonia e vocais que remetem a uma mistura do Kristian Bell com o John Lydon. Se você é fã de 90s, álcool, punk rock, literatura marginal e espírito jovem, esse disco não pode passar batido. O álbum foi lançado pelos selos Howlin’ Records e Sinewave.

THE SHORTS

shorts

Natasha Durski (vocal), Andreza Michel (baixo/backing vocal), Babi Age (bateria), Taís D’Albuquerque (guitarra/backing vocal) e Daniel K (guitarra). Essa é a formação da The Shorts, banda de rock alternativo de Curitiba formada em 2014. Com duas passagens pelo Asteroid, o grupo impressiona principalmente pelas performances ao vivo e dinâmica de suas músicas. A banda lançou recentemente o disco Dawn, que conta com nove faixas e sucede o elogiado EP Serendipity (2015). O novo trabalho soa mais complexo e flerta com psicodelia, post-punk, shoegaze e blues. “Bluenoise”, aliás, é o termo mais usado pelo quinteto para definir seu som. “Assim como o nome diz, Dawn revela muito sobre o nosso nascer e nossa transmutação nesse novo trabalho. Queremos agradecer demais a todo mundo que esteve do nosso lado durante esses muitos meses de gestação, e que ajudou aos montes tudo isso acontecer”, anunciou a banda pelo Facebook ao lançar o registro. Saca só!

BRVNKS

brvnks-agambiarrabeatriz-perini

A banda goiana BRVNKS, projeto da artista Bruna Guimarães, acaba de lançar um lindo clipe para a faixa “F. I. J. A. N. F. W. I. W. Y. T. B.”, que faz parte do EP Lanches. O registro foi dirigido por Cléver Cardoso e a produção é assinada pela Granada Filmes, Barba Negra Studio e Infravermelho Filmes. Confira o vídeo abaixo e aproveite também para ouvir o ótimo EP de estreia, citado anteriormente.

IN VENUS

in-venus

Em parceria com os selos PWR Records, Howlin’ Records e Efusiva, a In Venus estreia com o ótimo single “Mother Nature”, lançado hoje pela Noisey. O grupo, que conta com levadas de post-punk e música experimental, é formado por Cintia Ferreira (teclado/voz), Priscila Lopes (baixo), Camila Ribeiro (bateria) e Rodrigo Lima (guitarra). “O quarteto investe na ideia de música como ferramenta de discurso e empoderamento. De assuntos feministas a pensamentos sobre a sobrevivência humana, In Venus é uma descarga de raiva que retrata os inconformismos de toda uma geração de jovens”, resume o release da banda. Ouça “Mother Nature” abaixo.

0 comentários

Diga algo! Adoramos saber a sua opinião.