Escolha uma Página

O triste adeus de Chris Cornell

Músico cometeu suicídio por enforcamento logo após um show em Detroit.

Por Renan Pereyra

Um dia difícil para os amantes da boa música. Chris Cornell, uma das vozes mais marcantes do rock nas últimas décadas, cometeu suicídio por enforcamento nesta quinta-feira (18), logo após um show em Detroit, nos EUA. A morte foi confirmada pela polícia local, que afirmou que o músico tirou sua própria vida ainda no seu quarto de hotel, horas depois da apresentação.

O músico estava com 52 anos e era conhecido por integrar bandas como Audioslave e Temple Of The Dog, mas foi no Soundgarden que Cornell se consagrou, tendo sido um dos precursores do movimento grunge, que explodiu em Seattle nos anos 90. Familiares e amigos ficaram abalados com a morte do compositor, já que ele não costumava demonstrar com clareza suas crises depressivas. Sua esposa Vicky, por exemplo, chegou a dizer que eles estavam passando por um ótimo momento no casamento. Além dela, o músico deixou três filhos.

Tom Morello, integrante do Audioslave e amigo próximo de Cornell, também se manifestou. “Eu te amo, irmão. Obrigado por sua amizade, seu humor, seu intelecto e seu talento singular e incomparável. Foi uma grande honra conhecê-lo como um amigo e como colega de banda. Estou devastado e profundamente entristecido por você ter partido, querido amigo, mas seu poder de rock desenfreado, melodias delicadas e soturnas e a lembrança do seu sorriso estão conosco para sempre. Sua bela voz e sua bela pessoa sempre estarão em meu coração. Deus te abençoe e abençoe a sua família”.

A última música tocada no show do Soundgarden foi “Slaves and Bulldozers”. Cornell incorporou à letra frases da música “In My Time of Dying”, do Led Zeppelin, que fala sobre a morte. Os fãs entenderam a mensagem como uma espécie de despedida do músico, embora a banda já tenha emprestado os versos da canção em outras oportunidades. Confira a apresentação abaixo.

O site Nação da Música fez uma playlist bem bacana com alguns dos sucessos de Chris Cornell durante sua carreira. Confira a homenagem!

Em tempo: nessa mesma data, há 38 anos, Ian Curtis (Joy Division) tirou sua vida da mesma forma. Com isso, 18 de maio passa a ser uma data oficialmente desgraçada para o rock and roll.

0 comentários

Diga algo! Adoramos saber a sua opinião.

Pin It on Pinterest